Prelúdio




sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Um dia pisarei o solo sacro
e com imensurável devoção chorarei
nos encardidos muros de pedra.
Verei vielas,
gente de todas as cores,
e cheiros diversos.
Verei o sol banhar-te de esplendor
Jerusalém...
O amor há de reinar em teu coração.
A vida florescerá em tuas praças.
A profecia da justiça que abraça a paz
vai se realizar, Jerusalém...
Erga-te!
Eleve o teu olhar
e contemple:
Pelicanos azuis enfeitam o teu céu nublado.

2 comentários:

Priscila on: 16 de março de 2011 08:34 disse...

Ai ai, às vezes bate uma saudade desse blog, por isso estou aqui, não com os mesmos comentários longo e explendorosos (rs, sou modesta) mas com o mesmo amor, despertado nas palavras e versos.

martaluzgonçalves on: 22 de maio de 2011 08:48 disse...

Esta é a esperança para o mundo a paz!QUE PARECE TÃO LONGE!
Eis a questão: acreditar!

 

Pesquisar este blog

Barra de vídeo

Loading...

Copyright © 2015 • Poemas ao vento
Blogger Templates