Hoje




quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Hoje me sinto capaz...
de falar a verdade sem temer consequências
e também de escutá-la;
de amar o inimigo, de beijar o seu chão
e também de ser amado por ele;
de sorrir como uma flor
e também de chorar como chuva;
de gritar como um louco na avenida
e também de calar como um louco contido;
de oferecer tudo
e também de tudo receber.

Hoje me sinto capaz...
de ser verdadeiramente humano
e também de ser verdadeiramente Deus;
de sonhar a liberdade acordado
e também de vivê-la sonhando;
de voar no infinito azul
e também de manter os pés no chão;
de fazer tudo
e também de nada fazer.

Hoje me sinto capaz...
de olhar no olhar de alguém
e de perceber fascinado
que não sou o único
neste instante luminoso,
neste universo grandioso,
neste mistério glorioso
que se sente totalmente capaz
mesmo que seja apenas por hoje.

2 comentários:

Anônimo on: 6 de janeiro de 2009 07:02 disse...

ola´ Gabbiano...
gostei dos seus poemas, pois nem sabia deste seu blog e deste seu talento!
um abraco da sua querida terra amazonica.
o caxique

Guto on: 14 de março de 2009 14:58 disse...

Simplesmente linda.

 

Pesquisar este blog

Barra de vídeo

Loading...

Copyright © 2015 • Poemas ao vento
Blogger Templates