Para sempre




sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Vou me lembrar de você para sempre.
Seu sorriso, sua face, sua luz...
Pode parecer coisa inocente,
mas saiba que o que sinto é para sempre.
Com os anos, com a desilusão, com a fadiga serei sempre teu ainda.
Me sinto adolescentemente bobo e doce,
com a cabeça no ar grito tontamente:
é para sempre o meu amor e também é para hoje.

4 comentários:

Priscila on: 1 de março de 2010 05:54 disse...

Senti raiva de você por um momento! Te odéio e te amo ao mesmo tempo.Exerce um poder muito forte sobre mim, amo cada palavra que vc escreve, sinto-as e na maioria das vezes não as vivo no concreto, mas só em quimeras. Você é um bruxo,um bendito mágico das palavras,um místico que me entontece. Como alguém pode exercer tão forte influência sobre outra? Como posso amar e me identicar com a maioria dos seus textos e ao mesmo tempo detestá-los? Como? De uma coisa estou certa, continuarei amando o que vc escreve, e por vezes odiando essa sensação de sentir-me preza a esse amor como em uma doença crônica onde só os sintomas podem ser amenizados,pois não há cura. Estou condenada!!

martaluzgonçalves on: 27 de março de 2010 06:26 disse...

pra sempre te amarei!
por mais que tudo pareça diferente aos nossos olhos, que tudo desaba que no nosso ser limitado que somos, é verdade o que voce fala. temos que gritar ao mundo esta frase tão... fascinante!Pra sempre te amarei! frase esta que enebria todo o meu ser, que me faz fazer e ao mesmo tempo ser.Quero morrer de amar! Eis o que me faz dizer. N o amor posso tudo!

Grasiele Da Silva Costa on: 7 de abril de 2010 18:50 disse...

Nossa é assim que me sinto quando estou apaixonada.............

RBNHO on: 28 de julho de 2011 07:53 disse...

Letty,só sei Te amar e amar,para todo o sempre,porque nossa história de Amor é assím,uma linda história de amor sem fim...para sempre R & L...
Forever

 

Pesquisar este blog

Barra de vídeo

Loading...

Copyright © 2015 • Poemas ao vento
Blogger Templates