Profissão de fé




quarta-feira, 27 de maio de 2009

Ainda acredito.
Ainda acredito em jardins floridos,
em sonhos de menino
que um dia meu coração sonhou.

Ainda acredito.
Ainda acredito na paz infinita,
na história da princesa
que com um beijo acordou.

Ainda acredito.
Ainda credito nas manhãs de domingo,
na mais bela melodia,
que minh'alma escutou.

Ainda acredito.
Ainda acredito nas pessoas
e num Deus maluco
que se fez carne e por mim se entregou.

Ainda acredito
Ainda acredito no ontem, no hoje e no amanhã,
na fragilidade do tempo
que diante da eternidade ínfimo se tornou.

Ainda acredito.
Ainda acredito.
Grito ao mundo!
Grito a todos que usam seus ouvidos!
Eis a minha profissão de fé:
Ainda acredito no Amor
Ainda acredito no Amor
Ainda acredito no Amor
Ainda acredito.
Ainda acredito
no Amor
no Amor
no Amor
Ainda acredito

4 comentários:

Astréia on: 30 de maio de 2009 06:25 disse...

Eu também ainda ACREDITO NO AMOR!

Linda poesia...Bela "profissão de fé". Merece um comentário a altura, mas no momento só posso dizer que ela é meiga, fofa, sublime...

Na verdade estou aqui para dizer que te indiquei ao selo "Olha que blog maneiro". Por que acho esse blog hiper-ultra-mega-maneiro...rs

Benjamim on: 3 de julho de 2009 11:58 disse...

Lindo poema! É uma virtude ter fé e esperança. Virtude em falta no mundo, infelizmente. Bom saber que pessoas ainda acreditam no amor... e escrevem belos poemas sobre isso =)

Legal o blog! continue assim!

O maluco sadio
www.omalucosadio.blogspot.com

Grasiele Da Silva Costa on: 16 de julho de 2009 15:08 disse...

Eu tbm ainda acredito no amor............. estou sem palavras para comentar este poema, ele é simplesmente lindo e verdadeiro.

martaluzgonçalves on: 31 de outubro de 2009 16:55 disse...

É POR EU ACREDITAR AINDA NO AMOR QUE AINDA RESPIRO. MARAVILHOSO!
A SIMPLICIDADE A INOCENCIA.
SUBLIME...

 

Pesquisar este blog

Barra de vídeo

Loading...

Copyright © 2015 • Poemas ao vento
Blogger Templates